Páginas

domingo, 27 de julho de 2008

Martini num fim de tarde


Essa cena me lembra muito uma amiga querida: fim de tarde (de sexta ou sábado) na varanda, com direito a pôr-do-sol, coqueteleira de martini.
Eu prefiro o seco, minha amiga, o doce. Essas diferenças no jeito de ser e na vida sempre foram gritantes, mas aprendemos a nos respeitar e amar assim mesmo.
A vida muda, nada fica igual. Hoje essa amiga querida e sua família moram em Salvador. Fazem uma falta danada nas nossas vidas, mas nos vemos nas férias pra matar a saudade e sempre torcemos e sonhamos e pedimos ao céu por sua volta!
Beijo Leiloca!
Dry Martini:
1 medida de vermute seco
9 medidas de dry gim
Gelo
Azeitona (ou cereja, ao gosto do freguês!)
Coloque o gim sobre as pedras de gelo, mexendo para gelar a bebida. Retire o gelo da taça e pingue o vermute seco, girando a taça para que percorra suas paredes. Coloque uma azeitona espetada num palito. Beba com moderação, na companhia de um amigo querido!

4 comentários:

Marcia Lucia disse...

Beijo pra vcs duas.

ana sinhana disse...

Sabia que vc iria lembrar da Leila, Má!
Beijo

Beti Copetti disse...

Mudou o template! Cada dia uma novidade por aqui!!!

ana sinhana disse...

Putz, nem sei do que se trata, Beti... tô apanhando aqui!!!