Páginas

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Bandeirolas do Divino



A Bandeira do Divino

Os devotos do Divino
vão abrir sua morada
pra bandeira do Menino
ser bem-vinda, ser louvada.

Deus nos salve esse devoto
pela esmola em Vosso nome
dando água a quem tem sede
dando pão a quem tem fome.

A bandeira acredita
que a semente seja tanta
que esta mesa seja farta
que esta casa seja santa.

Que o perdão seja sagrado
que a fé seja infinita
que o homem seja livre
que a justiça sobreviva.

Assim como os três reis magos
que seguiram a estrela guia
a bandeira segue em frente
atrás de melhores dias.

No estandarte vai escrito
que Ele voltará de novo
e o Rei será bendito
Ele nascerá do povo.


A Festa do Divino é uma antiga forma de se celebrar a Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo. Sua origem remonta às celebrações religiosas realizadas em Portugal a partir do século XIV, nas quais a terceira pessoa da Santíssima Trindade era festejada com banquetes coletivos designados de Bodo aos Pobres com distribuição de comida e esmolas.

Desde seus primórdios, os festejos do Divino, realizados na época das primeiras colheitas no calendário agrícola do hemisfério norte, são marcados pela esperança na chegada de uma nova era para o mundo dos homens, com igualdade, prosperidade e abundância para todos.

A devoção ao Divino encontrou um solo fértil para florescer nas colônias portuguesas, especialmente no arquipélago dos Açores. De lá, espalhou-se para outras áreas colonizadas por açorianos, como a Nova Inglaterra, nos Estados Unidos da América, e diversas partes do Brasil.

É provável que o costume de festejar o Espírito Santo tenha chegado ao Brasil já nas primeiras décadas de colonização. Hoje, a festa do Divino pode ser encontrada em praticamente todas as regiões do país, do Rio Grande do Sul ao Amapá, apresentando características distintas em cada local, mas mantendo em comum elementos como a pomba branca e a santa coroa, a coroação de imperadores e a distribuição de esmolas.

E essas bandeirolas da foto foram pedido de uma amiga querida que, como eu, quer um Natal bem colorido!

5 comentários:

Lu Gastal disse...

um natal bem brasileiro!

Mini Ateliê Teka e Fabi disse...

Dá-lhe Sinhana, adoro suas idéias!

Vanessa Maurer disse...

A casa da sua amiga ficará linda! Bela idéia!

ana sinhana disse...

Oi Lu, oi Fabi, Oi Van!!!
Beijocas

Ana Tuyama disse...

que maravilha!!!