Páginas

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Canja e cautela!



Canja e cautela não fazem mal a ninguém, diz o dito popular.
Não sei se sou exatamente cautelosa, talvez desconfiada seja uma palavra melhor. Depois de alguns tombos, acho que fiquei meio assim, desconfiada.

Mas os tombos da vida são inevitáveis e, no fim das contas, ser cauteloso (ou desconfiado) demais só nos faz perder oportunidades. Como disse ontem uma amigona querida com quem dei muita risada ao telefone, de um dia pro outro tudo muda, tudo se conserta e se ajeita, então por quê desistir antes de tentar?

Nos últimos dias, dediquei tempo e esforço a um projeto que foi, digamos, uma total decepção. Ou seja, valeu como um tombaço. E eu poderia ter evitado. Sim, poderia, mas não dava pra saber de antemão... nunca dá!

O que vale mesmo é que, logo depois do tombo, aparecem mãos amorosas que te ajudam a levantar e seguir. Ter a mão-irmã, a mão-amiga, a mão-mãe, a mão-amor é o melhor pedaço do tombo.
Então, deixemos o excesso de cautela de lado, porque é impossível não escorregar nunca. E levantar de novo e continuar é preciso.

E a canja? Detesto. Odeio aqueles fios de frango boiando num caldo esbranquiçado. Coisa de doente. Prefiro essa outra versão, deliciosa, que provei num dos casamentos mais lindos pro qual tive a alegria de ser convidada.
Não sei a receita correta, porque "aprendi" na tentativa e erro. Também não sei o nome da sopa, mas lá vai a receita:

1 xícara de grãos de cevadinha;
1 pacote de shiitake fresco;
shoyu;
azeite;
cebolinha ou nirá (o nirá é a "cebolinha" do alho, muito gostoso, mas bem forte, então é bom ter CAUTELA... hehehehehehehehehe).

Cozinhe a cevadinha em bastante água e escorra. Refogue o shiitake no azeite e tempere com shoyu à gosto. Eu acrescento um tiquinho de açúcar e saquê, mas é opcional. Cozinhe rapidamente e junte um litro (ou um pouco mais) de água fervente. Junte a cevadinha pré-cozida e deixe no fogo para pegar sabor. Prove e, se for necessário, salgue com mais shoyu. Tempere com a cebolinha sem voltar ao fogo e sirva.
Essa é daquelas sopinhas reconfortantes, que esquentam e ajudam a levantar de qualquer tombo. Tomei um pratão ontem à noite...
Bom final de semana!!!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Kit Mini Chef



Sei,sei,sei... sumi do mapa... andei ocupada com o trabalho, sem tempo pra postar aqui e nem pra passear pelos blogs amigos...
Final de ano, pra quem trabalha como eu, é uma tremenda correria.
Hoje estou aqui especialmente porque tomei um puxão de orelha de uma amiga querida, que eu chamei de chata (sorry Lu!), mas que tem toda razão, porque sumir assim não é legal. Ainda bem que, apesar do meu azedume (quando fico muito concentrada assim sei que me torno uma ogra!), tem gente que sente a minha falta. Tão bom ter amigos queridos...
Então, dona Lu, taí uma novidade Ana Sinhana, pra gente que ama brincar de boneca e ama ver os filhos brincando de gente grande: o kit mini chef, com avental, touca, receitinha e forminha.
Logo mais lá na loja!!!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Lanternas



Bolsa de mão Lanternas.
Essa é peça única e foi uma encomenda feita por uma nova cliente muito doce, que anda às voltas com os preparativos de uma festa muito especial!
Espero que vc goste, Carolina!
www.carolinaemauriliodaniel.blogspot.com

sábado, 8 de novembro de 2008

Logo, loguinho...

...mais novidades de vestir!




Camiseta em malha verde, com manga de babadinho em algodão estampado e detalhes de estampa de sakura, também em algodão.



Em breve, disponível lá na loja.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Na medida!



Festa de criança tem alguns itens básicos: balão colorido, bolo (de chocolate, claro!), brigadeiro e... muitos descartáveis!
Demais, pro meu gosto.
Já em festa de marmanjo com poucas e comportadas crianças, acho que os descartáveis são item dispensável. É hora de usar a louça da casa mesmo.
Mas os brigadeiros continuam muito benvindos. Preferência nacional, o docinho faz sucesso em qualquer festa. E nunca vi ninguém dizer que odeia, não gosta, detesta ou nem liga!
Há uns dias, no aniversário do marido, fiz brigadeiro de colher, que acho que é a melhor sacada pras apressadinhas como eu. Coloquei o quitute nas mini-xícaras de café daqui de casa (que têm mais ou menos uns dois terços do tamanho da xícara de café normal e são ótimas pra quem não gosta de tomar muito café à noite, por exemplo, mas não resiste ao cheirinho bom), enfeitei com confeito colorido, só pra dar um charminho a mais (detesto granulado!) e coloquei colherinhas coloridas.
Foi sucesso total, além de ter sido a medida certa: nem muito pouco, nem um exagero!

Japonices!


Kokeshis em rosa


Manekineko em vermelho


Lanternas em azul

Conjunto de camisetas com estampas japonesas, pra uma cliente que ama tudo o que é japa!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Divino Amor!

Novidade de vestir: camiseta Divino Amor!
Lá na loja!







segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Flower power!




Bolsa em algodão marrom estampado com flores coloridas. Detalhe de estampa de flores em seda, bordadas com botões coloridos. Lá na loja!

Pra começar!



Bom-dia, boa semana!