Páginas

quarta-feira, 11 de março de 2009

Chove chuva!

Ontem, não suportando mais o calor, tomei uma atitude drástica: levei o carro pra lavar. Mas não pra uma simples lavagem. Mandei lavar tudo, por dentro, por fora, motor, cêra, silicone e uma película que, segundo o moço que me atendeu, protege de até 20 chuvas ácidas (será que tem pro contorno dos olhos?). O processo todo demorou duas horas.
E à tarde o céu ficou cinza, carregado... e, à noite, dormi com barulhinho de chuva (ácida?) fresquinha batendo no telhado!!!
Funcionou melhor que contratar uma tribo indígena pra fazer dança da chuva...

Entendam, fui criança no tempo em que a gasolina era barata e o carro era algo sagrado, e nele não entrava pacote de bolacha, nem suco de caixinha, nem sorvete. Apesar dos meus pais serem ambos fumantes e terem o horroroso hábito de fumar nas viagens, comer no carro não podia, nem fazer nenhum tipo de bagunça.
Enfim, cresci pouco me lixando pra carro (desde que ande, que o ar condicionado funcione e eu não pise em algo vivo, tá valendo), então, levar o possante pra uma super lavagem é algo como um acontecimento raro aqui em casa.
E, claro, me tornei antitabagista. Aliás, parei de fumar com 6 anos, na minha primeira tragada. Mas isso é mote pra outro post.

5 comentários:

Mª Coisinha disse...

ih, o carro aqui de casa está demorando a ser lavado também. eu e minha mãe seguimos a mesma teoria do "levando onde preciso, está ótimo".

pobre james, está mesmo sujinho por dentro... mas, como o banho nele não foi, a chuva daqui teve outro motivo misterioso... :]

Nana disse...

amiga, pede dinheiro para o povo para lavar mais o seu carro, precisamos de mais chuvinha com ventinho friooo.
Bjs

Window Flowers disse...

Amo ter tempo para ler o seu blog !

Cheguei aqui full-of-myself dizendo que se tinha uma coisa com a qual nunca me acostumaria seria meu carro imundo como o dos americanos. Pois saiba que meu carro hoje eh um lixo ambulante, tem comida, milhares de luvas, gorros e etc., livros, jogos, dvds, kit costura, etc.
No inverno nao consigo manter nem o lado de fora limpo, quando nao esta com neve, esta todo cheio de po de sal que usamos para derreter a neve e o gelo !

Agora, com a primavera chegando, voltamos a abrir a agua do lado de fora da casa e lavamos o carro, do jeito que deve ser feito. DIY, como tudo aqui !


Mudando de assunto, meu pai fumava no carro tambem...isso quando eu tinha uns 6 anos. O teto do fusca "ocre" era todo furado...assim como o guarda-chuva, os lencois, o sofa...que feio neh !

Beijocas...!

ana sinhana disse...

Mari, sabe que eu tenho um limite pra sujeira no carro, mas, em geral, vou levando!
Que loucura essa coisa dos nossos pais fumantes, né?
Eu posso jurar que via minha mãe fumando na gravidez da minha irmã, mas ela fala que não...

Nana, por aqui tem chovido todo fim de tarde... tão bom!

Maria Coisinha, teu carro chama James? hehehehehe
Adorei!
Bjs

Beti Copetti disse...

Aqui, o chovedor é uma vizinha. É só ela vir pra praia, que cai o maior toró! (Ela que não me leia aqui, mas é a mais pura verdade!)