Páginas

domingo, 5 de dezembro de 2010

Sorvete pra encarar o agreste!

Eu fui uma criança paulistana transparente feito lagartixa, que nunca tomava sol. Minhas pernas eram do tipo branco total radiante e eu morria de vergonha quando ia visitar os primos, que eram bronzeados de tanto sol e piscina.
Na praia, a minha branqueleza mudava rapidamente para um tom de rosa e mais rapidamente ainda para o vermelho, com a contribuição da minha mãe, que me lambuzava de Rayto de Sol, importado diretamente do Paraguai. E, logo depois da insolação, eu ficava com a pele descascada e horrorosa. Era assim todo ano.
Outros tempos. Hoje em dia isso poderia ser considerado abuso infantil.
Enfim, verão nunca foi muito a minha estação preferida, até que me mudei para o interiorrrr, descobri minha porção moreninha e deixei a branquela no passado.
Mas, confesso, ultimamente anda difícil aguentar o calor agreste que tem feito por aqui. Ainda bem que junto com o verão vem a safra das framboesinhas no meu quintal:
A colheita tem sido generosa e depois de bem lavadas, as suculentas framboesas vão direto pro freezer e rendem sobremesas geladinhas:
Frozen yogurt de framboesa:
1 garrafa de iogurte integral líquido, bem gelado (deixe por mais ou menos 1h no freezer)
1 porção generosa de framboesas ou amoras ou morangos congelados.
açúcar
Bata as frutas congeladas com o açúcar. Se quiser que o sorvete ganhe mais cor, pode fazer uma calda com a mistura, levando frutas e açúcar ao fogo. Depois de frio, é preciso levar novamente ao freezer para gelar bem. Eu pulei essa etapa, por preguiça de ter que lavar a panela depois (calor=leseira).
Ligue a sorveteira e vá despejando o iogurte líquido, depois a mistura batida. Assim que ganhar consistência, leve novamente ao freezer.
Para quem não tem sorveteira também dá certo, embora não fique tão cremoso.
Enjoy!

13 comentários:

Nile e Richard disse...

Oi Ana.
Que bom que descobriu o seu moreninho.
Adorei a receita do dorvete.
Por aqui faz muito calor.
bjtos.Nile.

Vanessa disse...

Que delicia ter suas proprias framboesas no quintal!! Comprei hj no mercado paguei caaaro, rs....
Adoro seu blog!!
Um abraço, Vanessa.

Cecilia e Helena disse...

Yum-yum-yum... aqui em casa tem muita pitanga, será que dá certo?
Beijão
Helena

Ana Matusita disse...

Oi Helena! Nunca fiz com pitanga. depois me conta?

Oi Vanessa, obrigada! No mercado é caro mesmo mas, sabe, plantei uma mudinha e virou uma selva! vale a pena!

Oi Nile, de onde vc é?
bjs e boa semana, meninas!

Milena disse...

Ana,calor aqui no Rio é o que não falta!!
Mas não tenho frutinhas no quintal,então vi ontem umas cerejas lindas no mercado,será que fica bom???
Bjs

emy disse...

oi Ana, que riqueza ter framboesinhas no quintal! Qdo pequena ia com meu pai no mato procurar essas frutinhas. Eu amava e dizia que ia ter um pezinho em casa qdo crescesse... ainda não tenho, mas hei de ter! bjinho =)

Ana Matusita disse...

Oi Emy, o pezinho de framboesa é fácil de cultivar, vale a pena!

Oi Milena, como eu disse pra Helena, nunca fiz com outras frutas além de framboesa, amora e morango, então não sei te dizer. Mas acho que deve ficar bom sim!
bjs

Coisinhasdalili disse...

Adorei, Ana! Minha sorveteira já está no freezer. Quem não tem framboesa e nem quintal pode fazer o mesmo com morangos?

ganny disse...

Adorei a foto de sorvete na colher de coração, seus textos são emocionantes Ana!
Bjs!

casapomar disse...

Linda foto Ana!

AVOH disse...

Oiiii, Lindona!!

Isso é privilégio de poucos. A maioria de nós, pobres mortais, tem que inventar com frutas do varejão e o sabor nunca é o mesmo.
O Rafael é louco por sorvete, deixa só ele ver essa delícia que vai te perturbar até o final do ano que vem, rsrsrs...

Beijão.

Alisson

Simone Izumi disse...

Que cor é essa????o.O
babei!!!
bjos
si

Dani disse...

A cor é linda, o sabor deve ser mara. Me cocei para testar!

Adorei o formato da colher.

Dani