Páginas

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Porquinho


Hoje quando fui limpar o filtro da máquina de lavar (sim, amigas donas de casa, eu faço esse tipo de tarefa nada glamourosa), achei uma pequena fortuna em moedinhas vindas dos bolsos das calças. E mais algumas presas entre a porta e a borracha de vedação. Já propus algumas vezes de adotar um porquinho cofre pra esses pequenos tesouros não ficarem perdidos, mas ouvi um baita sermão do marido, porque tirar moedas de circulação não é legal e traz prejuízos e blá blá blá.
Meu amado se esquece que eu também me formei em Economia (na mesma turma que ele, inclusive) e sei disso tudo. Mas guardar umas moedinhas e ensinar os filhos a poupar não deixa de ser bacana e saudável, né?
Outra coisa que ele parece ter se esquecido é que já fizemos muito isso, numa época da nossa vida em que o dinheiro era pouco e a gente nem tinha conta em banco. Mas tínhamos muitos sonhos pra nossa vidinha juntos, começando pela aquisição de um meio de transporte próprio. Então, durante um ano, juntamos todo nosso dinheirinho pra comprar uma linda, maravilhosa... Mobylette!
Isso mesmo, nosso primeiro sonho tinha duas rodas, era super econômica, valente e vermelha e nos carregou por muito tempo pelas ruas de Araraquara City, onde fizemos graduação.
Comprá-la não foi nada fácil. A gente guardava todos os trocados, mas não era num porquinho e sim dentro de (pasmem!) uma luminária! Até o dia em que descobrimos que o dinheiro estava com uma baita marca de queimado, quase furando. Por pouco não torramos, literalmente, nosso mirrado patrimônio!
Muito tempo depois da Mobyla vermelha, veio um Chevette marrom cor de burro quando foge, pra não usar outra metáfora escatológica pro tom de marrom do possante. Um luxo, ainda mais pra um jovem casal de estudantes sem crédito na praça.
É claro que, hoje em dia, nossos sonhos são mais caros e mais complicados, ainda mais porque de dois, viramos cinco. Mas eu ando treinando meu lado muquirana como posso, pra realizar alguns sonhos. Falando em sonho, vou realizar um pela segunda vez no começo da semana. Alguém adivinha?
Para os grandes sonhos, hoje temos conta no banco. Já para as moedinhas perdidas, estou bem pensando em ser rebelde e inventar um porquinho. Se eu tiver alguma boa ideia, prometo que mostro.
E bons sonhos a todos!

29 comentários:

harumi disse...

ah, mal posso esperar um porquinho foférrimo Sinhano (porquinhO ou porquinhA?)

Ângela Goldstein disse...

Vc vai comprar a sua KitchenAid???

Allison French ! disse...

achar dinheiro é a melhor coisa que existe *_*

Milena disse...

Ana,não vou participar da adivinhação,rs!!

E vamos falar do outro lado da moeda,meu marido tem comércio e do meio para o fim do ano as moedas começam a sumir e os porquinhos engordarem,elas somem.
Infelizmente por conta disso,os cofrinhos aqui em casa não fazem barulho,pois as moedas são sempre trocadas por notas.Mas mesmo assim,fica a poupança.
Menina,mobylete,que legal!Morei em São João del Rei e lá isso era a maior onda na época,rs!

bj

Katima disse...

OI, Ana.
Minhas filhas ganharam de presente de amiguinhas, um porquinho e uma ovelha-cofre, estranho! Agora pegam todas as moedas,quando peço alguma, a resposta é: mãe tenho uma meta até o dia das crianças não posso te dar minhas moedas.
Sobre realizar sonhos, ontem o marceneiro trouxe os armários do meu ateliê, falta ele consertar algumas coisas, mas estou nas nuvens.
Beijos e bom trabalho.
Kátima

Dani disse...

Ana, adoro te ler. Acho teus textos de uma simplicidade quase poética. E qdo digo simplicidade é elogio! Porque ele traz em si tudo o que a gente busca em um texto: identificação, humor, e moral da história.

Começo de vida é brabo, hein? Há dias em que reclamo, mas é só olhar lááá pra trás que vejo como tudo melhorou. E melhora!

Bons sonhos pra vc tb. =)

Beijo

Dea Amorim disse...

Ana que delícia essas conquistas...ainda q qdo mais jovens acreditemos q o dia tão sonhado não chegará nunca, de tanta ansiedade,rsrsrs...
Sim concordo com vc ensinar a poupar é muito importante, assim como ensinar a usar adequadamente o dinheiro,a priorizar e a sonhar.Muitos pais dando tudo, retiram dos filhos o ensinamento do sonho, do desejo cultivado...do esforço,e do sabor da vitória na hora da conquista.bj

Cristina disse...

Ana,
No site da martha Stewart tem um porqueinho feito com garrafa pet lindo, acho que com essa ideia inical e seu talento pode ficar melhor ainda

Ana Vergara disse...

gostei da história econômica que vocês tiveram... os sonhos começam assim mesmo: pequenos e vão tomando forma até sairem dos cofrinhos!

Acho que você vai viajar - mesmo lugar da lua-de-mel. Acertei?
bjs
DaAna

Andressa disse...

Oi, vim convidar para o Clube do Aniversário. clubedoaniversario.blogspot.com
Beijinhos...

Ana Matusita disse...

Oi Ana! Não vou viajar em segunda lua de mel, até porque não tive a primeira ainda, dá pra acreditar? Mas é uma ótima ideia!

Oi Cristina! Vou olhar no site da tia Martha, obrigada!

Oi Dea! Essas conquistas tem que fazer do crescimento, né?

Oi Dani! Tô muito prosa com os seus elogios! Obrigada!

Oi Kátima! Que delícia! Quero ver os armários novos!

Oi Mi! Vc nem vale arriscar palpite! Hahaha!

Oi Allison! Concordo contigo!

Oi Ângela! Ainda não vou comprar a poderosa. Falta coragem pra desembolsar tudo isso, então a gente guardou esse sonho pra quando formos viajar. Logo, eu espero!

Oi Harumi! Porquinho Sinhano ficou ruim, hein?
Bjs

AVOH disse...

Oiii, Lindona!1
Tirar as moedas de circulação pode não ser legal, mas pergunta pro Rafa o quanto ele economizou utilizando um porquinho igualzinho a esse do post. Em poucos meses ele conseguiu R$ 112,00 e desde então, virou um sovina, chegando à casa dos R$ 1.200,00, que foram dedicados aos jogos de DS. Ele poupou para os seus próprios gastos e por tabela, eu também poupei, rsrsrs. Agora está juntando porque quer um IPOD, pode?!
Valeu a pena sim, pois, ele aprendeu que dinheiro não cai do céu e tem que suar muito para conquistá-lo.
Beijão.
Alisson

Taia Assunção disse...

Filha mais velha é adepta do porquinho, bem, no caso dela é uma vaquinha que anualmente é aberta...rsrsrsrs. Há pelo menos cinco anos ela faz isso. Beijocas!

Silvana disse...

OI....aqui em casa a muquirana sou eu....mas todo mundo sabe que eu sempre tenho uma "moedinha" pro cinema, pra padaria...enfim...quem poupa tem....eu preciso sair da minha cidade para conseguir peças em mdf com preço decente para as minhas clientes, pago o pedágio com as moedinhas....como sempre arrebentou....parabéns!!!!Bjs Sil..

Marina Mott disse...

Ana, que delícia ler esse post! Adorei. Eu sei!! Vc vai para o Engenhão no Rio ver o show do Paul, de novo!! Aposto que acertei!!! beijo!

harumi disse...

rrsrsrs... é, né, depois que vi, ficou meio estranho mesmo... quis compor, mas não ficou muito bom... (desculpaê..rsrs)
a gente teve um porquinho há alguns anos e virou a estante de livros. :-)
humm... vou aguardar o relato do sonho realizado! :-p
bjk.

Nina Dias disse...

Oi Ana, também junto essas moedinhas e faço doação ao final do ano, vai para uma instituição! Espero ansiosa o porquinho que irá fazer! bj Nina

Nivea disse...

Querida Ana, me identifiquei com sua postagem....rsrs. Eu e meu marido juntamos o ano inteiro moedinhas. Quando chega o Natal, trocamos e compramos os presentes dos nossos 3 filhos... não é o máximo, numa época em que só temos despesas, não precisamos nos preocupar com os gastos dos presentes...hehehehe...
Obs... e as moedas voltam para o mercado financeiro...kkkkk.

bjs

Nivea

Ana Matusita disse...

Oi Nivea! Que ideia boa vcs tiveram!

Oi Harumi! Se eu fizer, eu mostro sim!

Oi Marina! Vc acertou!!! Vou ver Mr. McCartney de novo!

Oi Silvana! Eu sempre peço dinheiro emprestado pro caçula, que é o maior poupador da casa!

Oi Alisson! O Lo é feito o Rafa: guarda o dindim sempre com um objetivo. No ano passado, juntando os pingados, a mesada e o presente de dia das crianças dos avós, ele comprou um netbook! Uns fofos, né?
Bjs

Paty disse...

Lembrei do porquinho que o cara vende no farol em frente ao Mercadão. Sabia que vc queria um daquele...hahaha

Andrea Guim disse...

Oi, Ana!

Vim te convidar pro novo sorteio (maio) do BlogArte!
Bora lá participar!

Beijins,
Andrea

Anna disse...

Oi Ana, imaginei mesmo que o sonho da semana que vem fosse o show do Paul.

Também vou (ao show do Rio, na segunda!). Empolgadíssima!

beijinhos

Jul disse...

Tambem estamos ensinando nosso filho a poupar as moedinhas, mas agora que ja tem o suficiente para trocar por algumas notas vamos colocar as moedas de volta em circulacao :)

Andrea Vanzin disse...

Blog lindo, idéias lindas! Bjs

patiabeija-flor disse...

Olá Ana!!
Este foi um dos textos mais incríveis que já li. Muito engraçado e extremamente verdadeiro. Parabéns pelas palavras!! Vai ter criatividade assim lá na sua casa... rs
Bjss e ótima semana!!!
Patrícia Schmidt
www.meupratofavorito.blogspot.com

MaBe! disse...

Olá... passeando por alguns blogues que gosto, encontrei o teu e tbm gostei d+ de tudo.
Tô super seguindo.
Sinta-se a vontade para visitar o meu cantinho.

Bjão.

Ma Stump disse...

Ana, que saudades que eu tava de ler os seus textos gostosos e motivadores! Adorei cada fase do porquinho! E... Tinha certeza que estaria no Rio! Que delícia!

Muito feliz por saber que realizoud e novo esse sonho! (tão romântico...!)

Beijo beijo com saudades,
Ma

P.S:
Tá linda linda no blog da Ju!!

Amehlia Digital ® disse...

Primeiro, preciso de uma máquina de lavar igualzinha a sua... careço de achar 'as pratinha mode gastá nu comérrcii' =D
E, adorei saber q passou pela Voluntários da Pátria abraçadinha c seu cumpadi...cabelos ao vento c todas aquelas árvores, bom demais!
Chegar em casa c cheirinho de laranja é tudo...só a cutrale faz isso por vc..rs
Um bejim grande!

Carla Maciel disse...

Afff... mas para ter um cofrinho como este da foto eu juntava moedinhas com todo o prazer!!! rssss.
Não esqueça do sorteio que já acontece no blog este sábado!!!
www.arquitrecos.com