Páginas

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Antes, durante e por enquanto...

Hoje deu um certo desespero quando me vi no meio de tanta bagunça em tão pouco espaço; toda véspera de bazar é assim: eu esparramo tecidos, sianinhas e miles materiais por qualquer cantinho vazio do ateliê. E não acho nada. E arranco os cabelos de irritação.
Nem faz muito tempo, tirei tudo do lugar, mudei móveis, limpei, joguei coisas velhas fora - foi a tal faxina de ano novo. Mas é só junho chegar e, batata! A bagunça se instala ao mesmo tempo em que começa a faltar material, então é hora de arrumar tudo de novo e fazer a lista de compras para o próximo semestre.
Por enquanto, vou me virando como posso, fazendo o que é de praxe: uma varridinha todo final de dia, uma passadinha de pano na mesa e nas bancadas e umas pequenas arrumaçõezinhas.
Pra lembrar que tudo pode ser pior, resgatei a foto da faxina de começo de ano, que nem tinha tido coragem de mostrar aqui. O ateliê, que todo acha uma lindeza nas fotos, estava assim: Uma zona de guerra, né?
Na hora da arrumação, decidi mudar a escrivaninha de lugar e realmente usá-la como escrivaninha, evitando a tentação de mantê-la como eterno depósito de todo tipo de coisa. Depois de limpa, mas ainda com o visual antigo, ela ficou assim: E já que eu estava com a mão na massa, resolvi aproveitar uma sobra do papel de parede que coloquei na minha sala. Tirei o tampo de vidro da escrivaninha e substituí tecido, foto e flores recortadas pelo papel rosado que eu adoro. E, durante o processo, a escrivaninha ficou assim: Existe uma certa polêmica em torno dessa escrivaninha, que ganhamos da nossa madrinha de casamento. Durante muito tempo, ela foi compartilhada aqui pelo casal de economistas e, por mais que eu sempre tenha tido o desejo de pintá-la, marido nunca permitiu. Essa pendenga já foi motivo de muita cara feia, afinal o nosso ex-escritório virou um ateliê e marido ficou desabrigado, falando o tempo todo que o escritório "dele" virou um craft room (tentem imaginar o tom de deboche).
De vez em quando, ele cisma em querer retomar o território, mas esse nosso tabuleiro de WAR já está sob domínio rosa há algum tempo. Então, quando vê que a coisa é mais complicada, ele afirma que vai construir um barraco em cima da nossa extinta horta (essa parte do barraco me incomoda um pouco, mas faz parte do jogo), que vai levar a escrivaninha dele, o ar condicionado e o armário dos livros.
Enquanto essa guerra fria doméstica segue, eu continuo com a escrivaninha de madeira escura, porém mais bonitinha depois de arrumada. Por enquanto, ela está assim: E, espero eu, que continue (mais ou menos) arrumada por algum tempo. Ou até que o ateliê possa se mudar pra um canto maior, afinal, sonhar não custa nada... E vocês? Alguma pendenga por espaços de trabalho em casa?

p.s.: no último final de semana, já comecei a mudar a parede da bancada. Lembram do porta-linhas enorme? Se foi...
p.s.2: o bazar que mencionei será em SP, na Liberdade, lá no Café Kohii, sábado das 10 às 17h e domingo das 11 às 16h. Espero vocês lá!

16 comentários:

Katima disse...

Oi, Ana.
A sua escrivaninha ficou linda. Pena que não dá para ir no bazar, adoraria conhecer você e ver muitas coisinhas lindas.
Sobre pendenga por espaço em casa estou realizando o sonho de ter o meu cantinho de trabalho, assim que tiver pronto vou mostrar.
Tenha um fim de semana de sucesso no bazar, e divirta-se.
beijos
Kátima

Pricila Barretos Blum disse...

Ana, seu filho está melhor?
Sábias palavras no post anterior...depois que temos filhos o tempo é deles!
Aqui meu cafofo fica na área de serviço...e o grosso mesmo fica na casa da minha mãe, aonde eu me apoderei do antigo quarto que dividia com a minha irmã...o único problema é que mamis mora super longe e acabo tendo que deixar coisas lá e aqui !!
Mas vamo embora !
Vou tentar ir no bazar no domingo! embora o final de semana esteja reservado com os compromissos do baby (festa junina da escola e aniversário), adoraria te conhecer pessoalmente!
Grande beijo, sucesso no bazar e saúde sempre,

Ana Matusita disse...

Oi Pri! Meu filho está ótimo, obrigada!
Tomara que dê pra vc aparecer! Vou ficar na torcida!

Oi Katima! Ter espaço próprio é muito bom, né?
bjs

Milena disse...

Pena que não moro perto=muita vontade de te conhecer!!
Algumas vezes narra histórias que parecem iguais as minhas,rs!
E falando em arrancar cabelos,como vai o nosso trabalho?
Bom saber que o outro filhote melhorou,muito filho é assim mesmo...
A propósito,sua escrivaninha ficou linda,aiás o que você faz que eu não gosto???

Bjs e bom final de semana,

Cheiro Doce disse...

Oi Ana! Amei sua escrivaninha! Acho que falta espaço para todo mundo. Para mim tb! ehehehe

Beijos
Ana

Irene disse...

Nossa que capricho , o duro é manter ne?rss...bjs e uma otima sexta

Entre Feltros e Tecidos disse...

Aiii...que inveja...branca tá?! rs...quero uma sala assim p mim!!!
Bjks
Marília

Carol disse...

Ana, esse cantinho está tão lindo, a renovada na mesa, os quadrinhos, a parede de tijolinhos(amo!), o gatinho em cima da grama. Amei de verdade. Me encanto sempre quando conheço mais um pedacinho de sua casa.
Beijos

Silvana disse...

Hum...falta de espaço aqui em casa não é problema....eu vou chegando de mansinho....quietinha, vou ocupando um cantinho aqui outro acolá e quando a familia vê eu já tomei conta rsrsrsrss....no meu caso a sala que seria de tv virou atelie....com direito a plaquinha na porta.....bjs

Renata Neris disse...

Ih, moça! Ainda não tenho um craft room e ainda estou de mudança...

Laély disse...

Acho que logo, logo você vai devolver o espaço conquistado ao marido, pra usar outro maior...rs Mas, carregue a escrivaninha junto! rs
Ela tem aquela carinha de mesa de aula antiga. Lembra as da escola, na minha época de primário.
Mas o papel do Rosenbaum deu uma renovada, sem tirar o ar de antiguinho: gostei muito.
(Comprei um rolo dessa coleção na cor turquesa, mas ainda não decidi onde aplicar.)
Abraço!

Andréa disse...

Oi, Ana.
Felizmente, eu não tenho que disputar espaço com ninguém. O problema é que moro numa kit tão minúscula, que meu craft room se resume à minha escrivaninha.
Nesta semana, ele saiu no Banana Craft: http://www.bananacraft.com/blog/casacraft/2011/06/03/meu-canto-andra/
Um beijo,
Andréa.

Patrícia Medeiros disse...

Oi Ana, que delícia de cantinho!
Me diverti ao ler e perceber que não sou só eu que enfrento caras e bocas no quesito "nosso escritório" que virou "seu quarto" nas palavras do maridão aqui. rsrsrs
O meu aqui de vez em quando reclama que só ficou com um gaveteiro (com duas gavetas) e um escaninho dentro do quarto.
Mas fazer o quê se amamos o que fazemos e precisamos mesmo de espaço? E nosso acordo foi, tudo dentro do quarto! Nada fora dele! rsrsrs
Beijos e se der te encontrarei pessoalmente neste domingo na feira.
Beijos...

michele andrade disse...

Só consegui percebe a sua escrivaninha no meio de tudo,de tão linda que ela está.

www.atelierartedecor.blogspot.com

ticamaria disse...

Vc acredita que procuro faz muito tempo um porta linhas/retrozes como o que tinha na sua parede? Ana, não tenho solução pras minhas linhas. Vc tem alguma idéia onde encontro um pra comprar? Por aqui não existe...
Parabéns pelo canto repaginado! bjs

tezukuri da Karen disse...

Ana, já deixei um post no "mimos e devaneios" me indentificando, aquela doida que passou correndo no kohii só pra dizer que era fã! na próxima espero estar com mais tempo pra tietar bastante! hj infelizmente não deu pra aparecer novamente! beijos! Karen