Páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Bolo de nada com blueberries


Quem tem filho já passou por uma dessa: outro dia, o caçula avisou, na hora do almoço, que um amiguinho viria brincar em casa. Meia hora depois, tocou o sino e a visita entrou. Enfim, convidado de última hora é igual a lanche da tarde mais reforçado (e improvisado).
Nessas horas, eu tenho na manga minha receita básica de bolo, que aceita qualquer ingrediente que tiver na despensa para dar um gostinho diferente. Dessa vez, usei uma caixinha de blueberries que estava dando sopa na geladeira, mas dá pra substituir o leite por suco de laranja/mexerica, iogurte com raspas de limão ou leite de coco ou acrescentar umas colheradas de cacau em pó (aumentando a quantidade de leite um pouquinho), ou trocar o açúcar comum por açúcar mascavo, juntando pedacinhos de maçã e polvilhando com canela. Versatilidade com gostinhos variados!
E sem mais delongas, eis a receita:

Bolo de Nada:
(medida de xícara de 240 ml)
rendeu um bolo redondo de 30cm

2 ovos
1 xícara de açúcar (usei cristal orgânico)
1/2 xícara de manteiga sem sal
1 xícara de leite
1 1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara de blueberries ou outra frutinha (opcional)
açúcar de confeiteiro para polvilhar

Aqueça o forno a 180°. Unte a forma redonda de 30 cm com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.
Bata a manteiga com o açúcar e a baunilha até ficar clarinho (bati com fouet, sem usar a batedeira). Acrescente os ovos um a um. Junte a farinha peneirada, alternando com o leite e incorporando sem bater muito vigorosamente. Acrescente o fermento em pó sem bater muito. Coloque a massa na assadeira, colocando as frutinhas. Leve para assar por cerca de meia hora ou até o bolo ficar coradinho e o palito sair limpo. Depois de desenformar, peneirei açúcar de confeiteiro por cima, pra dar um charminho
E, ainda quente, a galera avançou geral.
Eu não devia contar, mas como o blog é sobre as aventuras domésticas aqui da casa. Então, o negócio foi o seguinte: o pequeno visitante comeu como se não houvesse amanhã o bolo quente, o pão de queijo, o suco, o leite e umas frutas.
Quando terminou, começou a soluçar e dizer que estava meio cheio, se sentindo "um pouco" mal. Resultado: passei o fim da tarde de sexta-feira, depois da faxineira já ter ido embora, limpando a pia e o chão do meu banheiro com diabo verde.
Coisas normais pra quem tem criança em casa (só fiquei com pena do menininho, que ficou todo sem jeito).
Mas ó, nada a ver com o bolo, que é supimpa e sempre dá certo!



7 comentários:

Cris Nagawa disse...

Hum...a receita parece super prática, vou experimentar....
e quanto a aventura doméstica, sei bem como é isso...

bjs

Ana Carolina disse...

Ana,
O bolo está de encher os olhos, já imprimi a receita e vou faze-lo no café da manhã do domingo de Natal.
bjs

Iris Barcelos disse...

Acho o máximo suas aventuras domésticas!

Gizele Croches disse...

acompanho suas postagens a quase um ano,da uma passadinha no meu blog, ficarei muito feliz com sua visita gizelecroches.blogspot

Marcele Leite disse...

Nossa, Ana! Quem tem criança em casa vive de aventuras, né? rsrsrs Qdo meus sobrinhos aparecem, sempre tem umas pérolas, mas dessas nunca não... Aff... Eu ri! Anotei a sua receita, principalmente pelo "nada" que ao invés de Bolo de nada chamo de Bolo,bolo! Fui repassar minhas receitinhas pra um caderninho novo (sim, eu uso e não abro mão), acho que passei algo errado. Ele nunca mais ficou o mesmo... =(
Obrigada por compartilhar (as receitas e as aventuras do seu adorável mundo particular). Beijinho.

Laély disse...

Parece fofíssimo!
Tenho umas frutinhas na geladeira e queria usá-las.
Vou testar sua dica.
Abraço, Ana!

Manu disse...

Hahahahaha pobre menininho guloso...
Também chamo bolo de nada de "bolo bolo", que nem a Marcele.
Adorei o visual do bolo, Ana! =)
Bjs,
Manu.
www.mendigochic.com