Páginas

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Selvagem

Quando a minha amiga LB me falou que estava planejando o aniversário dos seus pequenos gêmeos, eu logo me lembrei dos dilemas que sofríamos há alguns anos atrás aqui em casa. Assim como eu, a LB tem uma menina e um menino e o tal do dilema é conseguir ser criativo o bastante para criar uma festa que agrade a ambos.
Por aqui, nunca rolou misturar A Pequena Sereia com o Batman, mas fizemos festas memoráveis de Yellow Submarine, Família Japa (essa foi o máximo), Casa Malassombrada, Pokémon...
Eu quase enlouquecia para bolar e produzir tudo, mas era bem legal. E a LB é bem das minhas, pois faz meses que ela planeja cada detalhe (muita mais organizadamente do que eu).
Esse ano, os gêmeos Bernardo e Isabela terão uma festa selvagem e eu fiquei encarregada de fazer a bicharada:
Macaquinhos, leão, girafa, hipopótamo, elefante, zebra e passarinhos coloridos vão enfeitar a mesa, junto com as guloseimas (soube de fontes fidedignas que a mesa terá biscoitos em formato de bicho. Muito amor, né?). Me bateu uma certa saudade das primeiras festas (aquelas em que o meu voto valia mais e eu fazia tudo do meu jeito... maldita democracia dos filhos crescidos!) e da empolgação de cada detalhe. Então, hoje aproveito pra me divertir a cada pedido inusitado e especial das minhas clientes.
Para o Bernardo e a Isabela, eu desejo uma festa linda e ensolarada, com muitas brincadeiras e gostosuras!
E se você tem um pedido especial para a festa dos seus pequenos, é só me falar que a gente combina!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Um bazar em fotos

Nem vou dizer como foi o bazar, porque ainda quero guardar comigo a sensação muito boa que ficou depois de toda a trabalheira. Tudo o que posso dizer é que encontrei parceiros e amigos, conheci meninas lindas que seguem o blog e clientes com quem sempre converso por e-mail (e tenho a mania de imaginar como são fisicamente)!
As imagens são todas fruto do olhar da Glau, a querida Quitandoca:





Mal voltei e já me instalei junto à máquina, porque logo mais Tem Lá no Bazar!
Obrigada, Glau!
Obrigada meninas queridas do Ó Gente, que fizeram acontecer mais um evento lindo e organizado. Amo ter a possibilidade de trabalhar com vocês, Pa e Rosy!
E boa semana para todos nós!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Anota na agenda!

E eis que chegou a temporada dos bazares!
A partir do próximo final de semana até o Natal estarei, junto com outros amigos crafters, em três bazares bem bacanudos:

Bazar Ó Gente: 26/11, das 11 às 19h.
End: Rua Santa Luzia, 31 - Liberdade - São Paulo (a duas quadras do metrô)

Tem Lá no Bazar: de 2 a 23/12, das 10 às 19h.
End: Rua Aspicuelta, 371 - V.Madalena - São Paulo

Kohii Bazar: 10/12, das 11 às 18h.
End: Rua da Glória, 326 - Liberdade - São Paulo (pertinho do metrô)

Todos os bazares aceitarão cartões de débito e crédito. E fiquem atentas aos sites, pois no Ó Gente e no Tem Lá vão rolar oficinas bem legais.
Lembrando a todos que, comprando de quem faz a gente apóia os pequenos produtores, que não usam mão de obra escrava, nem agridem o meio ambiente.
Fica a dica e o convite!
Espero vocês!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Piggies

"Have you seen the little piggies crawling in the dirt?"
Três porquinhos que vão enfeitar a festa de um aninho de uma menininha linda. A toalha, a mamãe Bia já comprou, agora faltam as guloseimas e o bolo!
E, enquanto eu fazia os rabinhos de crochê dos porquinhos hoje cedo (uma pena ter esquecido de fotografar, porque ficou fofo), a trilha sonora não poderia ser outra: Piggies, do Mr.Harrison:

"Everywhere there's lots of piggies
Living piggy lives.
You can see them out for dinner
With their piggy wives.
Clutching forks and knives to
Eat their bacon"
.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Para o Leo! ♥♥♥


Há mais ou menos um ano, a Jacqueline me fez um pedido muito especial: fazer uma almofadinha de seda para as alianças de casamento. Fiquei toda prosa, porque ter uma pequena participação num momento tão importante é a cereja do bolo, que torna o meu trabalho ainda mais prazeroso.
E agora, mais de um ano depois, a Jacqueline se supera e me pede para cuidar de detalhes do quarto do pequeno Leo, que deve chegar muito em breve. Fala se não é de deixar o ♥ aquecido?
Mandei hoje o pacotão de carinho, com os protetores de berço, almofada de rolinho, trocador, toy Pancho, portafraldas, portatrecos e bandeirolas: Tudo branquinho com bege, com os tecidos que a mamãe escolheu para o quarto para compôr o patchwork delicado: E faz parte do pacote também o desejo de que a Jacqueline tenha um parto tranquilo, que o Leo chegue cheio de saúde e traga ainda mais alegria para a família linda e amorosa que vai recebê-lo!
♥♥♥

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Na cozinha: um brownie pra de vez em quando

A receita desse brownie veio da absoluta Nigella Lawson, desse livro aqui. A inglesa boazuda chama a receita de everyday brownies... well, prefiro rebatizar a receita como once in a while brownies porque, se eu comesse essa delícia todo dia ganharia muitas libras, mas não na conta corrente, como a deusa do porn food, mas na buzanfa.
Everyday (or once in a while) brownies
(do livro Nigella Kitchen)
10 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1 3/4 xícaras (chá) de açúcar mascavo apertadinho na xícara
3/4 de xícara (chá) de cacau em pó sem açúcar e peneirado
1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
4 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
mais ou menos uma xícara de gotas de chocolate ao leite
açúcar de confeiteiro para polvilhar (opcional)

Aqueça o forno a 180°. Unte uma forma (usei uma retangular de 20x30cm) com manteiga e forre com papel alumínio, deixando duas abas grandes que servirão como alças. Unte também o papel com manteiga.
Peneira os ingredientes secos (exceto o açúcar) numa tigela. Numa panelinha, derreta a manteiga e junte o açúcar, mexendo bem com a colher de pau para misturar e dissolver.
Junte os ingredientes secos e misture (a massa ficará sequinha, com uma consistência de farofa). Deixe esfriar um pouco.
Bata os ovos e misture à massa, junto com a baunilha.
Misture rapidamente o chocolate em pedacinhos à massa, coloque na forma untada e leve ao forno por cerca de meia hora ou faça o teste do palito que deverá com um pouquinho de massa, pois o brownie deve ficar molinho no meio.
Deixe esfriar numa grade e corte em pedaços (com a forma que eu usei, o rendimento foi de quinze pedaços). E enquanto eu tirava as fotos hoje de tarde, o caçula (que foi quem solicitou um bolo ontem) traçou dois pedações e mais uma metadinha que estava dando sopa. E eu fiquei pensando, cá com meus botões, como é bom ser criança (e ter metabolismo infantil)!
Ah, notaram o multicolorido das rosas do meu jardim?
Boa semana!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Antes & Depois: parede amarela

E eis que a sexta chegou "mais rápido" depois do feriado emendado do começo da semana.E eu fiquei aqui pensando que nem deu tempo de fazer um antes & depois, porque me mantive acorrentada ao pé da máquina. Coisas de pré-bazar e final de ano.
Mas daí ontem chegou aqui em casa um pacotinho fofys vindo de lá de Floripa, com um bastidor lindo enfeitado com uma máquina de costura, feito pelas mãozinhas de fada da querida Carol. Pendurei na hora: E percebi o quanto a parede foi mudando ao longo do tempo. Olha só como as coisas eram: O tão cobiçado porta-linhas feito por um marceneiro de Brasília/DF long, long time ago ficou embolorado e estufou depois de uma infiltração na parede. E como eu uso mais as linhas de cone, separei os retrozes (o plural de retrós é assim mesmo?) e guardei numa caixa, mais protegidinho.
Agora, os cones de linha e botões ficam nas estantes. E a parede ganhou espaço para os quadrinhos de pessoas queridas que eu tanto gosto. Além do bastidor da Carol, tem a menininha da Nanda Teixeira e mais dois quadrinhos coloridos da Paty Mimmos. E, na outra bancada, tem outras obras de pessoas queridas, que mostrarei quando estiver mais arrumadinho.
Nem todos os antes&depois que fazemos na casa são planejados, mas muita coisa muda ao longo do tempo, espontaneamente e sem que a gente se dê conta. Bem como a minha parede, que foi ficando cheia das coisas coloridas e das referências que eu gosto e escolho para ter por perto. Afinal, tem coisa melhor do que trabalhar cercada do que nos faz feliz?
Bom final de semana!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Pequenas alegrias domésticas: fartura no quintal







A pitangueira já tem alguns anos, junto com duas parreiras, uma lichieira e pés de framboesa vermelha e preta. E a gente tem um acordo tácito com os passarinhos: as frutas lá do alto são deles e as que os braços humanos alcançam, são nossas (não que eles tenham pedido algum tipo de permissão...).
No final de semana prolongado, colhi (e comi) muita pitanga, docinha e quase sem caroço. Fiz questão de não editar nenhuma foto, pra mostrar toda a exuberância natural das frutas, na minha cor predileta. E também fiz uma caipirinha de pitanga, porque ninguém é de ferro.
E se vocês está aí se lamentando porque não tem espaço, eu te digo que a dona Tereza, aquela senhorinha do dedo verde, faz milagre na varandinha do seu apartamento, em pleno Braz. Sempre tem rosas lindas, lavanda, tomates, ervas variadas e muitas framboesas da mudinha que ela levou aqui do meu quintal. Fora as samambaias que crescem na horizontal!
E no dcoração tem todas as dicas para ter uma horta na janela (até já adotei e curti muito a dica de usar bandejinhas de isopor no lugar das pedrinhas).
Pra ser feliz não precisa de muito, né não?
Bom restinho de semana.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Sorvete de limão na cozinha alheia!

Olha só o que eu servi de sobremesa no domingo (calorento) passado:

Babou no teclado?
Quer a receita?
Vai lá na cozinha da Glau Quitandoca Queridoca que eu te explico como faz esse sorvete de limão facinho e delicioso. E ainda te conto a minha mania esquisita de quando tava grávida!
Bom final de semana a todos.
E Glau, sua linda, amo meter a colher na sua cozinha, mesmo que seja virtualmente! E também sou mulambenta, porque prefiro comprar coisas pra casa (viu o cabideiro lindo do quarto dos meninos? deixei de comprar um vestido...). Mas também ando pensando duas vezes, porque não cabe mais nada aqui.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Gibiteca

E quem mais se aproximou de acertar o novo uso do caixote de madeira foi a Taia, do blog mais viajandão (no sentido literal da palavra) que eu conheço e adoro: O caixote virou uma gibiteca, ou seja, um lugarzinho pra guardar os gibis do caçula, que se espalham do carro aos quatro cantos desta casa. E pra acompanhar o novo cantinho do quarto, cumpri uma antiga promessa e comprei um pufe daqueles molengões, pedido muito antigo dos meninos.
Vou ser honesta: não gosto de pufe, assim como não gosto de nada muito disforme. Mas senti que tinha que ceder quando o pequeno quase trocou todos os brinquedos que levou na feira de trocas da escola por um pufe encardido do Homem Aranha. Eu e marido chegamos bem na hora de impedir o desatino, mesmo sob o olhar de raiva da mãe da outra parte envolvida (qualé, o pufe tava velho, sujo e fedido... marido até brincou que sentar nele devia envolver risco de doença venérea).
De qualquer modo, demorei mas cumpri o prometido. E fiquei feliz de ver os dois meninos felizes, com o quarto que começa a ficar arrumado (quem sabe eles não tomam gosto e a bagunça diminui? esperança de mãe nunca morre...). Teve até disputa e corrida pra ver quem sentava pra ler primeiro. E olha o caçula, aproveitando a bobeada do irmão grande:
Realmente, acho que pufe é coisa de gente jovem (tem uma menina no quarto do lado que ficou de tromba quando viu) e eu acho que, se eu sentar ali, não consigo levantar sem ajuda! Hahaha!
O cantinho ainda ganhou um presente bem especial, que há tempos eu paquerava blogs afora: o cabideiro hang it all, dos Eames: Bacaninha, né?

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Antes & Depois: caixote


A ideia não é nova e está na minha cabeça desde que vi um passo-a-passo na revista Vida Simples há um tempão atrás. Logo que vi, guardei os "pés" que, na verdade, faziam parte do espaldar (adoro essa palavra!) de uma das primeiras cadeiras que compramos depois de casados. No domingo passado, finalmente chegou a hora de juntar os pés com o caixote de feira, aquele baratinho e super útil. Não é difícil, mas é necessário alguma habilidade e ferramentas. Pra começar, marido serrou o encaixe dos pezinhos, para ficarem todos na mesma altura: Depois, fiz os furos para encaixar os pezinhos: Fixamos os pezinhos com cola branca extra forte e deixamos secar de um dia para o outro: Com um pouquinho de força, marido virou o caixote, batendo os pés no chão, para encaixar e secar tudo na mesma altura. Os pés entraram um tanto nos furos e, no dia seguinte, serrei os excessos:
E lixei bem e pintei os pés de amarelo, com spray, mantendo o caixote na cor original (pelo menos por enquanto!). Ficou assim: Fui fazendo as etapas entre uma costura e outra (sabe aquela história de "enquanto descansa, carrega pedra"? pois é!) e terminei hoje no fim da tarde. Já coloquei o caixote-estante para cumprir sua nova função, mas não deu tempo de fotografar à luz do dia. Então, posso mostrar amanhã?
Ah, os caixotes são fáceis de comprar nas centrais de abastecimento (aka CEASA aqui na minha cidade e em São Paulo também; no Rio, já vi as meninas falando que encontram no CADEG. E a Aninha da casa que a minha Vó queria já cantou a bola e dá para achar online aqui.

p.s.: alguém arrisca um palpite sobre o novo uso pro caixote de feira?

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Festival de verão Granado: uma promoção

Eu vou contar um segredo... em nenhuma das vezes em que fui ao Rio, consegui ter tempo (ou vontade) de ir ao Corcovado. Mas, em todas as vezes, tive que encaixar uma ida à Pharmacia Granado:
Dá pra resistir aos cremes cremosos e cheirosos no potinhos cheios de charme?
E o melhor é que a Granado acabou de lançar uma promoção para as seguidoras daqui do blog, um dos parceiros da marca:
Como o verão costuma ser sinônimo de sol, praia e calor, a nossa pele passa a necessitar de cuidados especiais para proteger nosso organismo contra a radiação, os agentes químicos e infecciosos. Por isso, merecemos cuidados especiais no verão, época em que a incidência dos raios solares na pele é maior e, ao contrário do que se pensa, os cuidados com a pele no verão precisam ser diários, mesmo quando não estamos na praia ou piscina.
Durante os meses de Novembro e Dezembro, as seguidoras dos blogs parceiros da Granado vão poder comprar na loja virtual com 15% de desconto.
Para participar basta, ao final da compra, colocar o código #festivalverao.
As regras são:
- comprar um item da linha Granaderma;
- ser seguidor(a) de um ou mais blogs parceiros da Granado.
A promoção vai durar entre i período de De 07 de novembro à 16 de Dezembro de 2011.
Aproveite!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Toalhas e fadas


A semana foi das bruxas, mas aqui só beleza, fadas e princesas (por mais que eu esteja mais pra madrasta má do que pra Cinderela...). Muitas toalhas encantadas para festinhas de aniversário e piqueniques (acho que a maioria dos príncipes e princesas faz niver no final do ano).
E se você precisa de uma toalha em tamanho e formato especiais (como essa da foto, que é redonda e bem grandona), junto com a bandeirola personalizada, pegue a senha e entre na fila!
Brincadeirinha! Faz como a mamãe da Alice e me manda um e-mail, que eu te retorno com o orçamento: anamatusita@gmail.com. Ou vai lá na loja.
Bom final de semana!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Na cozinha: muffins de blueberry

Hoje de manhã passei na quitanda (sim, tenho a sorte de ter uma bucólica vendinha de verduras, frutas e ovos caipiras mais ou menos perto de casa) para comprar verduras para o almoço. Confesso que prefiro comprar assim, num ambiente menor, em que as pessoas me conhecem pelo nome e me ajudam a colocar as compras no carro. Fora o fato de ter baldes enfeitados com buquês de alcachofra. E de descascarem a abóbora cabotiá e o abacaxi, um pequeno luxo pra dona de casa!
E hoje, na Banca de Frutas (com maiúscula, porque é o nome da quitanda!), tinha umas caixinhas de blueberry com cara de PLOC! Ou seja, gordinhas, prontas pra estourar dentro dos bolinhos amanteigados de uma receita que eu tinha visto num livro aqui da cozinha.
Porém, faltavam muitos ingredientes e eu acabei adaptando tanto a receita que nem sei. Mas que ficou bom, ficou!
Então, vou postar aqui minha receita modificada, ok?
Muffins de Blueberry
(rende 15 muffins grandes)

1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 colher (chá) de sal
3/4 xícara (chá) de açúcar
3 ovos
3 colheres (sopa) de manteiga sem sal
100ml de iogurte
2 colheres (sopa) bem cheias de creme de leite (pode ser leite ou mais iogurte, como eu não tinha nem um, nem outro, usei um creme de leite que estava aberto na geladeira)
1 colher (sopa) de baunilha (usei extrato caseiro)
1 xícara (chá) de blueberries frescas

Pré-aqueça o forno a 180°. Coloque as forminhas de papel na assadeira para muffins.
Peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal numa tigela grande. Em outra tigela, bata bem os ovos. Junte o açúcar, bata até ficar clarinho. Junte a manteiga, depois o iogurte, o creme de leite e a baunilha e bata mais.
Misture com os secos até incorporar bem. Adicione as frutinhas. Coloque nas forminhas até preencher 3/4 e leve ao forno por 25 minutos, mais ou menos, até dourar (fique de olho, porque é rapidinho).
É perfeito e na medida pro lanche da filharada faminta em véspera de feriado. As frutinhas estouram na massa, deixando um gostinho azedinho como se tivesse pequenas colheradas de geléia no meio do bolinho. Diliça!
Bom feriado!