Páginas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Uma luz no fim do ano...


Estive bem ocupada durante as últimas duas semanas, tentando colocar a vida em ordem. Sim, aprendi a deixar pra trás muitas coisas ao longo desse 2012, simplesmente porque se tornaram pesadas demais.
Também aprendi que um sonho é feito de tentativas. Afinal, se o sonho fosse baseado na certeza, deixaria de ser sonho rápido demais.
Então, num mesmo ano, saí de mala e cuia do meu ateliê em casa para acomodar meus amados panos e máquinas num local comercial. E devo dizer que estava bem feliz com cada pequeno pedacinho de conquista. Só que não embarquei nessa sozinha e, se num trio dois não estão felizes, a coisa se complica.
A decisão de não manter mais a loja Café com Pano nos moldes iniciais não foi exatamente minha mas, confesso, tenho uma enorme dificuldade em viver mortes anunciadas. Por isso, preferi retornar para o meu antigo ateliê caseiro (não sem antes soltar fumacinha da cabeça de tanto pensar no que fazer).
Quando retornei, no meio da maior bagunça possível, me surpreendi trabalhando com uma tranquilidade que há tempos eu não sentia. E entendi que o maior ativo que um negócio como o meu não pode prescindir é a criatividade, não um imóvel. 
É claro que um lugar bonito e agradável de se trabalhar ajuda. Mas os lugares agradáveis e bonitos a gente também inventa, cria e recria. Uma mente inventiva é capaz de mudar um ambiente e deixá-lo ainda mais propício ao trabalho. E, mais ainda, se beneficiar de todo esse processo, pois a criatividade se alimenta  e se diverte fazendo.
Nunca recebi nada de graça nessa vida, o que me faz acreditar que a recompensa vem do trabalho. E não descarto a possibilidade de repensar minha decisão no futuro e partir para outra empreitada, mesmo que isso signifique um esforço enorme de novo. Porque percebi  o quanto cresci profissionalmente ao longo desse ano e o quanto fui capaz de fazer, aprender e entender. Mais do que sair de casa, o ateliê Ana Sinhana ganhou nome, documento e contabilidade.
Agradeço muito, do fundo do coração, aos amigos que estiveram comigo em ambos os momentos, me dando a maior força (alguns, literalmente!). Sem vocês, minha força e casca grossa não seriam super poderes!
Aos amigos virtuais, sou grata pela torcida animada, mesmo que de longe. Entendi o quanto essa conquista foi parte da vida de vocês também. Obrigada!
Também agradeço aos clientes queridos que apareceram por lá e se tornaram reais. Foi tão legal conhecê-los ao vivo!
Aos parceiros, super criativos até na hora de negociar, meu super obrigada! Foi e sempre será uma alegria trabalhar assim, com base na amizade e confiança!
E, sobretudo, me sinto feliz e grata pela minha família amada, que me apoiou/suportou e acolheu em todos os momentos. Sem vocês, meus amados, nada disso faria sentido.
Nesse recomeço, já anuncio que terei uma reforma pela frente. E muitas novidades, porque criar faz parte do meu dia-a-dia, seja lá onde eu estiver.
=)

Em tempo: notei pelos comentários que algumas meninas acharam que eu "perdi" meu ateliê e isso não é verdade. O ateliê Ana Sinhana continuou a todo vapor, recebendo encomendas e trabalhando. Eu apenas deixei a loja-café da qual era parceira, ok?



p.s.: a luminária foi feita a partir de um pendente daqueles usados em obras e reparos e um suporte de vaso pintado de amarelo. Paguei baratinho numa loja de material de construção, pintei com spray e troquei o fio por outro vermelho, de uma luminária antiga. Só pra dar uma luz pro novo velho cafofo criativo!

23 comentários:

Ana Paula disse...

É assim que se fala, menina! Se não deu certo, com certeza teve seus ganhos também! E tu és muito criativa...bola pra frente, querida! Um beijo e um queijo!

lugastal disse...

Minha amiga querida, John Lennon disse com precisão - o sonho não acabou!!!! E a gente é casca dura!!!! vamos lá, bola pra frente!

Daniela de Paula disse...

Ana, criatividade você tem de sobra para criar, recriar e fluir. Sucesso, onde esteja!
um beijo,

Ju Padilha disse...

é isso aí Ana querida,
o ateliê está em você e vc o leva para onde quiser!
beijinhos

Kathia disse...

Minha vó sempre dizia que é errando que se aprende, ou seja, sempre se tira uma lição de tudo que se vive. Força e muitas lindezas pela frente.
Beijos

Aldaneire disse...

Com toda essa criatividade na cachola,essa habilidade nas mãos e esse ânimo todo...hã...não tem cantinho que você não transforme e seja feliz!

Ogmar Costa disse...

Bom dia Ana, vc tem o dom de criar, seu sucesso estará em qualquer lugar!!! Sucesso sempre!!! Bjim

Nathalia disse...

Ana, tomo as palavras da Ju (Padilha) aí em cima e assino embaixo. Boa sorte, vai e arrasa! Beijo!

Teresa Agrello disse...

Realmente, realizar sonhos não é tarefa fácil, mas o bom é que podemos sonhar sempre novos sonhos e realizá-los a nossa maneira.
Boa sorte e estaremos sempre por aqui.
bjins

harumi disse...

muito colorido alegre nesta nova fase da sua vida!
e espero mesmo que o formigamento nas suas mãos não pare, pois ele sempre traz novidadezinhas que alegram a nossa vida, viu?
beijocas,
da harumi

Katima disse...

Ana,
você como sempre escreve e transmite uma paz atá quando se desabafa. Tenho certeza que continuará a brilhar. Pois força e criatividade você tem de sobra.
Um grande abraço,Kátima.
PS: estou aguardando as cafofo.hehhee

lu rogeria maravilhas do trico disse...

Ana bom dia!!
Tenho que te parabenizar pois viajei no seu blog , vc além de criativa escreve maravilhosamente bem, fique triste que um sonho foi barrado mas posso te dizer que vc é a peça fundamental do seu atelie , então o lugar é o de menos afinal é a sua pessoa que faz as maravilhas acontecer bjs lu

Nina de Oliveira disse...

Ana, hoje li uma frase maravilhosa, que pode se aplicar ao seu momento: – É tudo parte da curva de aprendizagem.
Não é?
Quando você estava montando a loja Café com Pano, eu acompanhava toooodos os dias, nem todos tinham postagem, mas fiquei tão empolgada com aquele processo. E pensava que como deveria ser bom ter alguém para dividir um espaço, abrir uma loja...
Mas ao mesmo tempo sempre tive muito os pés no chão e sei que a minha produção ainda é micro para tal vôo.
Mas agora, lendo você dizer que voltou para o seu atelier doméstico, vejo que a gente sempre acha a grama do vizinho mais verde. Claro que não sei os motivos, acredito que montar um empreendimento numa cidade do interior, mesmo que seja Campinas, não é tarefa fácil. Tudo é muito exigente né? Mas o capital principal você tem, que são o talento e a criatividade e que você os leva para onde for, como disse a Ju.
Isso aí querida, as pedras do caminho deixe para trás, como bem canta a Gal versando o Bob Dylan.

Beijos

ps a propósito, a luminária ficou show.Vou copiar, tá?

Virginia lucia domingues disse...

fICOU LINDO COMO TUDO QUE VC FAZ....ALIÁS VC ME DEU MUITA FORÇA QUANDO FALOU SOBRE AS MÁQUINAS... TENHA FÉ PORQUE ASSIM TUDO SEMPRE DÁ CERTO.... UMA BEIJOCA

Alice disse...

ei ana, uma vez meu marido me disse que LAR É ONDE ESTÁ SEU CORAÇÃO! eu nunca mais me esqueci disso, e acho que cabe em seu momento atual. Sua cristividade estará onde vc estiver feliz né não?
Um grande beijo,
Juliana

Kátia disse...

Também passei por conquista e perda de ateliê esse ano, e confesso que Agora estou melhor. Mais encomendas, mais clientes, menos despesas... Da saudade do ateliê, mas Nem só de sonhos vive o homem, não é? Como disse. Ju Padilha, o ateliê está em vc, e vc o leva aonde quiser! Boa sorte sempre! Bjs

Kátia disse...

Também passei por conquista e perda de ateliê esse ano, e confesso que Agora estou melhor. Mais encomendas, mais clientes, menos despesas... Da saudade do ateliê, mas Nem só de sonhos vive o homem, não é? Como disse. Ju Padilha, o ateliê está em vc, e vc o leva aonde quiser! Boa sorte sempre! Bjs

Ana Matusita disse...

Queridas, obrigada pelo carinho. Mas, em tempo: não deixei de ter meu ateliê, em momento nenhum, ok?
Só deixei a loja e café, da qual era parceira.
Abraços,
Ana

Lilás - Mania de Tecido da Naná disse...

Parabéns pelo texto, pela coragem de admitir.
O mais importante realmente é a criatividade e isso você não perdeu e não perderá. A recente luminária prova isso.. ela é linda!!!!!!

bjs

Naná

anamaria disse...

É isso aí ANA, força,coragem, cabeça erguida e bola prá frente! Afinal toda ANA é corajosa prá começar e prá continuar também...
E sempre é importante tirar uma lição de tudo o que nos acontece, se você tiver um limão faça uma limonada...
Sou sua xará e já levei algumas bordoadas dessa vida, mas a gente sobrevive a tudo se tivermos muita fé e muito amor dentro de nós! beijos.
ANA MARIA

Taia Assunção disse...

Aprender sempre, manter-se criativa, ser casca grossa sem perder a doçura...rsrsrsrsrs. Recomeçar no aconchego do Lar é sempre bom. Beijocas e boa maratona de bazar.

Isabel Furtado disse...

Ana,
Acredito que a vida é feita de escolhas...embora algumas não sejam lá muito fáceis.
Tarefa árdua quando decidi deixar a profissão que tenho no diploma para me dedicar as panelas e fogões...Ganhei alguns quilinhos (que não perdi até hoje rs...) perdi alguns punhados de cabelos...Mas sempre lembro de uma palavra muito repetida no período de faculdade: processo!!!
E faz parte do processo saber se despedir.
Beijo no coração!

SONHO DE CRAFT disse...

Parabéns pela força e claro,o ateliê continue a todo vapor,sucesso e sorte sempre,bjs.