Páginas

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Diário de uma reforma - parte 1

Em dezembro passado, nós, o casal insano, resolvemos começar a tal sonhada reforma da casa. Isso tudo pelo bem do nosso relacionamento, já que o antigo escritório compartilhado virou craftroom, voltou a ser escritório e, desde meu retorno, começou a ser compartilhado.
Nem preciso dizer que a disputa por espaço entre duas pessoas trabalhando em casa tem sido grande, né?
Assim, decidimos aproveitar a antiga varanda da frente de casa, quase nunca usada, pra fazer um novo escritório, além  de um prolongamento da sala.
Não achei nenhuma foto a frente toda mas, basicamente, estamos fechando a varanda com paredes e janelas (e uma porta linda) e abrindo a antiga parede da sala para unir tudo. A varanda era assim no começo de dezembro:
 (foto antiga, dos amigos comemorando reveillón em casa)

Daí, ganhou paredes  de tijolinhos na lateral (que marido quer pintar de branco, já que esse canto da ex-varanda vai ser o escritório dele):
Até agora, o maior drama tem sido como resolver o problema do piso, já que não queremos quebrar a sala toda e não temos quantidade suficiente do piso antigo e fora de linha de dentro de casa. Ou seja, o ideal seria achar o mesmo piso em algum depósito e assentá-lo em cima da lajota da varanda.
(dois pisos diferentes e meu absoluto desânimo só de pensar em arrancar e refazer tudo. alguém aí me arruma umas caixas de piso branco fora de linha?)

(porta e janela que vão sumir para aumentar a sala)

Na verdade, acho que só consegui aguentar a lenga-lenga da reforma no meio das festas de final de ano por pura insanidade porque a parte de dentro ficou intacta, pelo menos por enquanto, o que diminuiu muito a ansiedade de acabar logo com isso...
As novas janelas foram colocadas na última semana, depois de uma verdadeira novela para recebê-las. Foi a primeira coisa que compramos. Ou melhor, que nosso pedreiro encomendou, para nosso desespero, pois só vimos as janelas em casa (isso é que é gostar de viver perigosamente!). Tudo isso porque estamos fazendo a reforma "na ponta do lápis" e o preço da tal janela, encomendada num marceneiro amigo do nosso pedreiro, saiu 30% mais em conta.
Também aprendemos, por experiência própria, que as compras de material básico não devem ser feitas em grandes lojas de materiais, pois é possível negociar melhores descontos em depósitos menores, sem o custo adicional do frete, ainda que com alguma demora na entrega.
Até agora, estamos assim:
(fachada atual, ainda com a porta e a janela antigas lá dentro, que vão desaparecer em breve...)
A tarefa da próxima semana será a colocação da porta e dos vidros, que ainda vamos cotar. Daí sim a quebradeira passará pra dentro de casa, para o meu desespero.
Se eu sobreviver e continuar razoavelmente sã, conto tudo.
Boa semana!

23 comentários:

Valérie Roberto disse...

Adorei a ideia do escritório e do craft room na frente de casa. Imaginei duas plaquinhas, uma sua e outra do marido. rsrs

Boa sorte com a reforma. Odeio furar parede só por causa do cimento que cai, imagine um quebra quebra.

bjs

Carol disse...

Reforma nos deixa tensas mesmo, mas quando acaba é um alívio e ficamos felizes com as novas possibilidades.
Sua casa é mesmo linda, hein?!
Beijos

Ana Matusita disse...

Na verdade, meu ateliê vai continuar sendo no fundo do quintal. O escritório será na parte nova, na frente da casa, mas sem plaquinha.
=)

Aldaneire disse...

Menina, boa sorte! Mas agora que a primeira marretada foi dada...bola prá frente, é um perrengue de cada vez e "vamo-que-vamo". Sem contar que toda reforma tem as surpresas boas também, quem sabe não aparece umas caixas de piso branco? Ah! E ainda rendem ótimas para serem contadas nos churrascos futuros. Então: mãos a obra! ops, a reforma! rs,rs,rs
Beijos!

rose japan disse...

Ana """ que casa mais linda eu amei

Bjs rose jp

Kátia disse...

Logo logo acaba todo esse "sofrimento" e aí sim, será só alegria!!! E com as alegrias, novas idéias!! Confesso q admiro as suas "produções" de "antes e depois"!! Parabéns pelo seu trabalho!!
Kátia / caixaseencantos.blogspot.com.br

anitinha 50 disse...

amei a sua casa,mto aconchegante.os pedreiros aqui do Rio nao quebram mais o piso.existe uma tecnica especial de piso sobre piso é usada
uma argamassa especial,ate mesmo para azulejos,acabou-se o quebra-quebra.
Pesquise na net que vc vai se surpreender.
bjs,fique com Deus.

Baú da Dadá disse...

Ana, adoro mudar, fiquei até com coceira de mudança só de ver tua reforma! O processo é lento e muitas vezes estressante, mas vale a pena! 2013 promete, hein?
Boa sorte! Quero ver o final dessa história que, tenho certeza, será muito feliz!
Beijocas mil!
Renata

Geórgia Moriconi disse...

olá. Ana...Menina, nem me fale. Não sabia que construir era assim tão "perigoso", estou correndo atrás de mil coisas ao mesmo tempo e para ontem. rsrs...Estamos na fase de nivelar o terreno e pesquisando preços melhores. E vc tem razão depósitos menores os preços dos materias básicos é mais em conta. beijos e boa sorte na sua reforma, está ficando ótimo. Ah! as suas janelas são parecidas com as que eu quero...rs.

harumi disse...

ana, boa sorte e muita paciência pra obra!
vou acompanhar seu diário aqui. entrarei nesta labuta em breve tb!
beijocas,
da harumi

Rosana Sperotto disse...

Ana, morei numa casa tão parecida com a tua, há muitos anos, e apesar de ter sido num período muito doído da minha vida, morro de saudades dela. Adoro chalés e costumo dizer que foi ele quem me salvou da tristeza. Que demais o quanto fazemos o espaço render quando ele é escasso, né? Tá ficando muito legal!! Quanto ao piso, fizemos uma excentricidade aqui em casa quando trocamos o da sala que faz divisa com a cozinha: um mosaico montado pelo filho ao longo de muito tempo. Pode até ser considerado uma heresia ao decor, mas gosto muito da nossa linha divisória com cara de jardim. Beijão!

Manuela disse...

Ana, já pesquisou sobre pisos vinílicos? São colocados por cima da cerâmica, imitam madeira, não fazem aquele barulho insuportável ao pisarmos - como do piso flutuante, mas é mais caro.

Carla Lima disse...

Ana sua casa é linda. vale a pena a bagunça para depois ficar mais linda.

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Olá, tenho certeza que tudo vai ficar lindo! Dá trabalho mas vale a pena! Parabéns!
Beijos e lindo dia em sua casa!
CamomilaRosa

Daniela B. Moreira disse...

Oi Ana,

Como minha casa ficou quase um ano em reforma e agora estou para o segundo mês de quebradeira no escritório sei bem como é....já pensou em colocar uma soleira de granito entre um piso e outro? Fizemos assim no escritório e não ficou ruim...quem sabe seja uma opção.
Desculpe pelo pitaco!

abraço
Dani

Regina Saraiva disse...


Já dá pra vê que vai ficar lindo. Quanto seu cantinho ficar pronto e novinho vai vale a pena ter passado pelo sufoco da reforma. Boa sorte na procura do piso

Marcele Leite disse...

Olhando assim já parece tudo tão lindo "antes". Tô adorando tb o "depois"! Casinha com cara de "vem ser feliz"! rs

Flavinha Gomes disse...

Aos poucos vai ficando tudo do nosso jeito, né... a obra é difícil, mas devagarinho vamos resolvendo tudo.
Bjus, querida. Boa sorte!

Cris Organizer disse...

Vai dar tudo certo no final. Problema é a gente aguentar tranquila por este final. Sei bem o que é isso, casei com um louco por obras. Vira e mexe tem quebradeira aqui. Adorei a sua ideia, apesar de que, amo varandas.
Boa sorte aí e aguardando as novidades,rsrs.
Abraços.

Katima disse...

Que legal Ana.
Parabéns e que dê tudo certo.
Beijos,Kátima.

Mônica disse...

Olá, Ana!
Sou leitora do seu blog e este comentário não tem a ver especificamente com sua postagem. Mas como não encontrei um endereço de e-mail e não tenho facebook (sim, nós existimos, não somos lendas urbanas!), resolvi usar esta canal mesmo...
Tudo isso é só para compartilhar o vídeo abaixo; vi, me apaixonei e acho que vc tb vai curtir um bocado:
http://vimeo.com/58893010
Abçs,
Mônica

Ana Matusita disse...

Oi meninas, obrigada!
a gente já pensou em várias das possibilidades que vcs falaram, mas não optaremos por nenhuma delas, por diferentes motivos.
Depois eu mostro o que decidirmos.
bjs,
Ana

Lígia disse...

Oi Ana!Por que vocês não instalam o piso de madeira? É confortável, aqui em casa nem uso chinelos, andamos descalços, e no inverno é bem gostoso...
Bom ano, e boas criações!
Bjks