Páginas

quinta-feira, 7 de março de 2013

Na cozinha: bolo de lalanza!


Anteontem foi aniversário do meu irmão. E, no meio da correria, ele apareceu para almoçar aqui em casa de surpresa, sem que desse tempo de comprar presente ou fazer um almoço especial. Mas um bolinho no fim da tarde sempre dá tempo de fazer, né?
Mesmo que o tempo, esse vilão, seja escasso, a gente pode arrumar um tempinho para um carinho.
E lá fui eu buscar uma receita antiga, que acho que peguei da minha tia. Aquele tipo de receita que você sabe que pode confiar, porque vai dar certo e virar um bolinho fofo e gostoso.
Ah, o "lalanza" é um hábito aqui de casa e tem historinha: há muitos anos atrás, antes de ter filhos, a gente frequentava muito um restaurante chinês barato e meio duvidoso no centro da cidade. E meu marido se divertia perguntando pra chinesinha assim: "que sucos você tem?" e ela: "lalanza, belão, bolango, belancia..." e ele: "ah, então me trás uma água com gás?". Hahahaha!

Como a tarde estava bem bonita, servi o bolo na mesa do quintal. Mas pedi pro caçula ficar de olho, enquanto fazia um café na cozinha, com medo dos macaquinhos ladrões. E olha só como ele cumpriu a ordem:



Bolo de Laranja

1 laranja inteira (usei duas pequenas)
3/4 xícara de óleo de girassol
2 ovos
2 xícaras de farinha de trigo peneirada
1 1/2 xícara de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó

Pré aqueça o forno a 180°. Unte uma forma com manteiga e farinha. Corte a laranja em quatro, retirando só o miolo (parte branca) e as sementes (eu deixei uma com a casca e outra sem, mas sem deixar nenhuma parte branca, só usando os gomos). Bata as laranjas no liquidificador com o óleo e os ovos.
Coloque numa tigela e vá acrescentando aos poucos o açúcar, depois a farinha peneirada com o fermento. Coloque na assadeira e leve ao forno até que, fazendo o teste do palito, este saia limpinho (cerca de 40 minutos).
Para a calda, espremi uma laranja e juntei umas colheradas de açúcar (desculpem, mas realmente não medi), levando ao fogo até ferver. Despejei sobre o bolo ainda morninho e juntei umas kinkans cozidas no açúcar, que fiz há uns dias (delícia!).
E parabéns pro Celso!



3 comentários:

Cela disse...

O filhote gosta de bolo, hein? Hahahaha

Quero uma forma dessas que deixam o bolo bonitão assim, sem muita decoração!

harumi disse...

ah, que surpresa boa pra ele tb, né? aposto que o bolo com café feito com todo o carinho é o melhor presente de todos!
parabéns pro seu irmão, muitas felicidades!

Aldaneire disse...

Que fofo esse bolo de "lalanza"! E parece fácil de fazer, quem sabe não tento um dia desses.
E esse vigia de bolo profissional heim? rs,rs,rs Lindo!