Páginas

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Diário de uma reforma - parte 7 (ufa!)

Embora a última postagem tenha sido feita em maio, a reforma não acabou, nem a gente desistiu de deixar a casinha em ordem. Esses últimos meses foram tão, mas tão cansativos. Tanta coisa atrapalhada aconteceu e ficamos sem a ajuda única e imprescindível do Seo João.
Desanimei e a reforma ficou meio de escanteio.
Só que, um belo dia, caiu a ficha: essa é a nossa casa, aquela em que plantamos cada pedacinho de grama. Foi aqui que meus filhos cresceram, andando pelos muros, brincando na casinha do quintal, subindo na árvore que a gente viu crescer desde mudinha.
Não dava simplesmente para ceder ao impedimentos que surgiram e atrapalharam nossos planos.
Então, a primeira coisa que fiz foi contratar uma caçamba para recolher o entulho da calçada e da lateral da casa, coisa que me dava o maior desânimo. Fiz isso sem ter quem fizesse o serviço pesado e cheguei a carregar umas pedras pra dentro da caçamba (coisa de doida). Felizmente, apareceu uma pessoa de confiança e a caçamba foi embora, carregada de restos de construção.
Também impermeabilizei os tijolinhos da sala e, juntos, eu e marido pintamos o escritório dele de branquinho, teto e paredes (usamos esmalte sintético acetinado para a madeira e acrílica para as paredes, ambas Branco Neve da Coral).
Juntos, nosso amigo-de-fé-camarada e engenheiro Xan e marido fizeram as instalações elétricas da sala,e do jardim e colocaram todos os interruptores e tomadas. Quem tem amigos como os nossos tem tudo: de instalação elétrica a diversão garantida! Valeu de novo, Xandão!
Hoje, marido passou o dia colocando rodapé na sala dele e o combinado é que eu vou envernizá-los e, assim que estiver tudo pronto, as estantes de livros dele sairão do meu ateliê pra sala nova  e vou ganhar um baita espaço (uhu!).
Semana passada, marido instalou as luminárias num fim de tarde, depois de voltar do trabalho (olha o detalhe da roupa de professor... pelo menos, ele tirou o paletó!):




E eu e meu filho pintamos o muro. Serviço pesado esse, que me deixou de braço doendo (no pain, no gain).
Escolhemos uma cor próxima da cor dos tijolinhos (Decora Terracota, da Coral). Foi uma baita economia, já que o orçamento de pintura profissional estava totalmente fora das nossas possibilidades: o pintor me pediu  8mil pilas para fazer os muros e as janelas da casa. Simplesmente agradeci, comprei o material e estou fazendo tudo aos poucos.

Agora, temos luz e muro pintado. Pelo menos, um comecinho dele, porque ainda  precisamos esperar que Seo João volte e termine de passar massa no restante. Além disso, a trabalheira é grande e ainda terei alguns fins de semana de mão na massa, ooops, tinta. Mas já deu uma cara totalmente diferente pra frente da casinha (cor é tudo, gente!).

Outra novidade é que pintei o portãozinho de vermelho. E Seo João, nesse meio tempo, também conseguiu reunir forças e trazer o portão maior, que está instalado e ficou lindo, mesmo sem pintar. Logo que for possível, vamos tirar o portão de madeira da lateral da casa, que vai ficar lá no fundo, no finalzinho desse mesmo corredor, mais para evitar que a Lucy, nossa cachorra, fique zanzando pelo jardim da frente.

Quando colocamos os vidros, eu tinha feito orçamento com um pessoal de uma vidraçaria de uma cidade vizinha. Eles vieram  e fizeram quase todo o serviço, mas ficou faltando o vidro duplo da estrutura em cima da porta (tem que ser duplo porque é uma espécie de sanduíche com uma película no meio para evitar que o vidro caia, no caso de quebrar).
Sei lá o que houve, mas os vidraceiros romeus (apelidamos os meninos que vinham fazer o serviço assim, porque eles mais pareciam modeletes do que vidraceiros... hahaha!), simplesmente sumiram do mapa (inclusive, desligaram o antigo telefone) sem colocar o tal vidro duplo (sorte que não paguei essa parte do serviço). No fim das contas, contratei uma vidraçaria aqui do bairro mesmo, mais cara, porém rápida (as medidas foram tiradas na sexta e o vidro colocado na terça seguinte).
Já as coisas que não temos como terminar e que exigem o conhecimento aprofundado de um profissional vão ter que esperar que Seo João se recupere. E não tem nem outro jeito, pois ele, mais do parte desse processo todo, ele está entre nossos amigos, entre as pessoas por quem torcemos e oramos. Porque a gente aprende a gostar e cria laços com quem realmente vale a pena e, sem dúvida, esse senhor bem humorado e cheio de ideias criativas agora faz parte da nossa história.
Enfim, depois de recobrarmos o ânimo, as coisas voltaram a caminhar  e a casa está ficando cada vez mais linda. Ainda mais porque tem sido um esforço da família toda, o que faz com que cada pequena conquista ganhe ainda mais sentido. Só tenho que agradecer por todos os empecilhos que surgiram e nos fizeram mais unidos e firmes no propósito de continuar uma vida feliz em família, cuidando juntos dessa casinha que é parte da gente.
Amor e fé nos definem, sempre.
=)

22 comentários:

Bruna Oliveira disse...

Ana vc é demais,que coisa mais linda todos em prol da casa de vcs,isso é que união,lindos.Sua casa é linda,tudo feito com tanto carinho e dedicação que da gosto de ver.Abraços

Extrato de Amor Perfeito (Luciana) disse...

Que amor essa luminária...tá virando casa de revista!Bj!

Taia Assunção disse...

Que lindo, Ana...logo, tudo estará do jeito que vocês sonharam. Costumamos por a mão na massa, na nossa casa, mas como o tempo é sempre curto, temos que contratar mão de obra especializada, eventualmente...gastamos uma grana, na última ida ao Brasil. Foi feito o muro do terreno que compramos atrás da nossa casa, ficou um quintal enooorme e refizemos toda a parte elétrica da casa, acabou danificando a pintura, devo arrumar em outubro, pois em dezembro, a casa estará cheia e quero deixar tudo arrumado. Beijos! Ah, parabéns pelo sofá, ficou incrível <3

PINTA ROXA disse...

Dá trabalho mas está a valer a pena e há coisas que feitas por nós tem outro "sabor"
agora sempre que olhares para o muro vais lembrar, fez-me doer o braço a pintar mas está lindo e fui euzinha que pintei...
Beijos

Cris Nagawa disse...

Ana,

Delicia de ler esse texto, cada paragrafo, contando conquistas e detalhes,e o cuidado com a casa...
Parabéns...
bjs

Cynthia Le Bourlegat disse...

Outra vez estávamos simultaneamente uma no blog da outra, sintonia boa rs! Ana, acho que nem preciso falar o quanto amei, o vermelho na fachada e portões ficou perfeito, e o muro terracota'? impressionante como me identifico com seu gosto! Ficou linda, a bagunça vale a pena no final né? beijo querida

Bianca Lanu disse...

Vc é uma inspiração <3

Eliana disse...

Demais de bom,o texto,ver o resultado do esforço e ver a casa assim,linda.Parabéns!

Marcia disse...

Puxa, que lindo Ana: me emocionei e me inspirei...bjs

Márcia

Aninha Costa disse...

Parabéns! Está tudo de muito bom gosto com energia boa, casa onde tudo tem um pedacinho de história e muito amor isso eu chamo de riqueza e felicidade, sonhar e construir juntos, um bom final de semana.
Ana Costa
http://minhascoisassuascoisas.blogspot.com

Sandra Guadagnin disse...

Ana, amei a luminária com o passarinho e o portão vermelho. Esse vermelho é metido e lindo, ficou show junto aos tijolinhos do muro.
Abraços e mais uma vez digo que você tem uma casa maravilhosa.

Kathia Otero disse...

Ouuunn, sua casa,como diz a Estopinha, está a maior linda, ainda mais que é tudo feito com muito amor.
bjs

Cauim Ferreira disse...

Oh Ana que texto lindo, emocionado estou. Sua sabedoria deixou-a perceber o quanto as coisas "ruins" q ocorreram, acabaram unindo vcs muito mais e já pensou no valor que vcs darão a esse trabalho todo, cada cantinho feito por vcs, parabéns um exemplo de simplicidade, bom gosto e união, bjus

Rebeca disse...

Puxa, que legal que vc teve essa força para ir transformando as coisas! Em muitas coisas me lembro das formigas: uma coisinha por vez e quando se vê já está tudo feito!
Bjs

Elaine Gomes Ribas disse...

Ana,onde comprar luminárias tão lindas???
Ah, parabéns pela casa, tá linda!!!
Bjos

Ana Matusita disse...

Oi meninas, obrigada!

Elaine, as luminárias são suportes de planta que adaptamos os globos. Comprei na Tok Stok.
bjs

Carol disse...

Venho aqui pra ver os posts novos e vejo antes as fotos rapidamente, depois volto e fico presa na leitura achando tudo muito bacana "ver" gente que faz acontecer, daí volto nas fotos e vejo os detalhes. Penso que mais pessoas deveriam ser como você e sua família, eu mesma poderia arriscar um pouco, mas ainda não cheguei nesse patamar de evolução. Estou tomando coragem.
Sua casa é sempre muito interessante.
Beijos

Renata disse...

OI Ana,
Hoje coloquei seu blog na seleção do Googlando especial.
Passe lá no apartamento para conferir e conhecer outros cantinhos: www.nomeuapartamento.blogspot.com.br
Bjs e boa semana!!

Marcinha disse...

Oi Ana!
Que delicia, esta ficando seu cafofo(tb chamo a minha casa velha, nova, assim).
Achei seu Blog, por acaso(o acaso ñ existe). E estou amando!
E Seo João, esta em minhas orações, para que retorne,com muita saúde e força!
Bjs...minha linda e mil parabéns!

Davane Ribeiro disse...

Ana conheci seu blog hoje e me apaixonei pela sua casa e a forma como vc nos conta a reforma. Parabéns apesar do trabalhão que vc teve sua casinha ficou linda agora serei seguido do seu blog.
Faço Patchwork e adoro coisas criativas.
Bjs
Davane.
davaneribeiro.blogspot.com.br

Mônica artesanatos disse...

É isso aí mesmo, quando se quer alguma coisa se vai atrás e faz e o melhor que fica tudo com a nossa cara .Que dá serviço dá mas no fim o esforço e o cansaço valem a recompensa.Parabéns pela bela reforma e que venham outras mais ...rsrs

Márcia Costa. disse...

Ana,

Amei a sua casa!!! muito linda! adorei a luminária que você colocou na varanda! Eu mudei para uma casa nova há 6 meses, mudei de uma capital para o interior e de um apê para uma casa, estou adorando, mas, precisamos ainda arrumar muitas coisas por aqui, inclusive as luminárias da varanda.
Bjs no coração