Páginas

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

FAQ: a máquina de costura e seus acessórios


Quando eu era criança, a máquina da minha mãe tinha uma caixinha que eu achava o máximo e vivia pegando pra brincar. Eram vários disquinhos que, misteriosamente, mudavam os pontos da máquina!
Fascinante pra uma criança que achava tudo aquilo muito mágico.
Hoje em dia, as máquinas modernosas mudam de ponto com um clic e tem tantos, mas tantos acessórios... é menos mágico, mas muito mais prático, embora eu tenha a sensação de que nunca utilizei todos eles e todas as suas possíbilidades.
Porém, dois acessórios que uso muito e indico para quem gosta de patchwork são a mesa extensora e o pé de quilt reto:


Minhas duas máquinas de patchwork vieram com esses acessórios de fábrica, mas é fácil encontrá-los avulsos para serem adaptados em outras máquinas.
A mesa extensora serve para aumentar a área que vc vai trabalhar e é especialmente útil na hora de quiltar (unir patchwork, manta e forro).
Já o pé (ou calcador) para quilt reto, facilita o transporte do acolchoado, deixando o ponto mais uniforme (não fica aquela sensação de "roda presa" que acontece de vez em quando com costuras muito grossas).
Esse pé não deixa o tecido solto como o pé para quilt livre, então só serve mesmo para o quilt reto.
Olha ele em ação:

São dois acessórios bem legais e valem o investimento para quem trabalha com patchwork (para quem ocasionalmente faz alguma coisa com a técnica, não acho que seja tão necessário). Não tenho a menor ideia do preço pois, como eu disse, os meus vieram com a minha máquina, mas deve ser fácil pesquisar (nada que o Google não responda, né minha gente?).
Enfim, acho que tudo o que facilite o trabalho é bem vindo, mas a gente tem que ter bom senso, testar antes (tem muitas lojas/assistências técnicas que te permitem isso) e ver se vale a pena. Afinal, dindim não é fácil de ganhar.
Boas costuras, boa semana!

14 comentários:

Ogmar Costa disse...

Bom dia Ana!!! Realmente são muito mais práticas essas novas máquinas de costura. Minha primeira máquina ainda é de disco também, uma singer facilita, não me desfaço dela nem brincando, muito mais potente para costuras mais expessas. Tenho uma brother como a sua e uma superb da singer, são maravilhosas com seus pontinhos e caseados num clicar de dedos. Não me canso de apreciar suas costurices, seu estilo é maravilhoso. Uma boa e produtiva semana procê. Bjs.

Cris Nagawa disse...

O "pé" eu já testei, é realmente muito prático, mas a mesa me interessou muito...vou pesquisar e ver se encontro uma para a mimha...
Obrigada pela dica...
Bjs

ANALAICE disse...

Muito legal...Boa semana, cheia de inspirações...Bjs...

Lílian disse...

Ana, que coincidência bacana! Hoje comecei meu curso de Patchwork. A professora é super animada e foi uma delícia cortar direitinho meu primeiro quadrado (Será que eu emolduro? haha Anotei suas dicas, pois minha máquina é uma Singer basicona. Beijos, Lilian (do Picolé)

Karine disse...

oi Ana, eu também adorava mexer na caixinha de máquina da minha mãe, especialmente no pincel de limpeza. Hoje, a máquina dela é moderna como a que vc mencionou e tem um monte de pontos. Outro dia, por telefone, ela me ensinou a fazer uma capa quiltada para a minha máquina de costura. Era simples, só costuras retas, mas ficou linda.
bjk

Val disse...

Olá Ana, adorei seu post, pois esta semana vou tentar fazer uma pequena manta com um patchwork fácil e um quilt reto. Já comprei até os tecidos. Vou começar por uma pequena para ver se dá certo. Já tinha ouvido falar dos calcadores, mas não sabia exatamente o que era. Se der certo a minha costura, e eu vir que posso fazer mais complicado, vou tentar arranjar um. Bj obg pela partilha destas informações ( a mesa extensora tb é muito interessante, e eu desconhecia a existência).

Marta Chan disse...

Que bom que é uma janela mesmo em frente à maquina para ter boa luz. mesmo o exterior das maquinas antigas eram mais convidativas mas é como disse agora sao bem mais praticas.

cida silva disse...

Oi ana eu tenho uma máquina singer que veio com tanta coisa que eu sinceramente nem sei usar . Alguns já descobri no manual para que sevem mas raramente uso.Realmente temos que ficar de olho para comprar apenas oque nos é necessário bjs.

Jussara Machado disse...

Olá amiga,

excelente post esse seu. Minha máquina é igual a essa e eu não sabia da utilidade desse pé. Por conta disso (de não conseguir quiltar minhas peças direito) pensava que era problema da máquina e agora vc desvendou um mistério. Isso tudo por falta de fazer o curso de manejo (que não fiz por causas diversas).
Muitíssimo obrigada, vc evitou que eu vendesse a pobre máquina.
Um beijo e muito carinho pra vc.
Jussara

Taia Assunção disse...

Muuuuito legal...ainda chego lá, quando eu parar de ser 'andeja'...rsrsrsrs. Beijos!

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Menina, me senti das antigas agora, pois minha máquina (que era de minha mãe) é aquela que tem vários disquinhos que mudam o ponto e fazem desenhos e eu uso muito ainda, hehehehe!
Mim quer máquina mais moderna!!! Adorei!
Beijos e desejos de uma ótima semana!
CamomilaRosa

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Menina, me senti das antigas agora, pois minha máquina (que era de minha mãe) é aquela que tem vários disquinhos que mudam o ponto e fazem desenhos e eu uso muito ainda, hehehehe!
Mim quer máquina mais moderna!!! Adorei!
Beijos e desejos de uma ótima semana!
CamomilaRosa

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Menina, me senti das antigas agora, pois minha máquina (que era de minha mãe) é aquela que tem vários disquinhos que mudam o ponto e fazem desenhos e eu uso muito ainda, hehehehe!
Mim quer máquina mais moderna!!! Adorei!
Beijos e desejos de uma ótima semana!
CamomilaRosa

fatima disse...

Ola Ana gosto do seu blog parabens bjs